cFosSpeed é o Acelerador de Internet oficial dos produtos de gaming da ASUS, GIGABYTE, ASRock e MSI
cFos Personal Net WMI

cFos WMI Monitor, uma extensão para o cFos Personal Net

Monitorize dados WMI fundamentais no seu PC ou smartphone.
Extensão gratuita para utilizadores do cFos Personal Net.

O cFos WMI Monitor permite exibit praticamente todos os valores WMI sobre o seu sistema, por exemplo carga de CPU, carga de GPU, utilização da rede, tempo de ping, etc.
Aceda a estes valores WMI a partir de qualquer lugar.

Instalação

Descarregue e instale o pacote cFos WMI Monitor. Contém scripts e páginas HTML para o cFos WMI Monitor. Mais, também contém uma versão do cFos Personal Net. Se a sua versão for mais antiga do que a do pacote cFos WMI Monitor package, a sua versão do cFos PNet será automaticamente atualizada.

Para prevenir que terceiros acedam aos seus dados WMI, o cFos WMI Monitor requer um utilizador válido mediante autenticação HTTP. Por isso, deverá configurar um utilizador, por exemplo admin no cFos PNet. Pode fazer isto correndo novamente a instalação. Ou pode adicionar um novo utilizador, por exemplo wmi, abrindo /users/index.htm como administrador.

Para tirar o máximo partido do cFos WMI Monitor, recomendamos a instalação de

  • cFosSpeed, o nosso acelerador de Internet. O seu provedor WMI integrado disponibiliza os seguintes valores WMI:
    • velocidade total RX
    • velocidade total TX
    • tempo de ping
    • número de ligações TCP/UDP
    • ligações por segundo RX
    • ligações por segundo TX
    Estes valores correspondem à sua ligação à Internet atual.
    Os valores WMI do Windows correspondem ao adaptador de rede atual, independentemente do tráfego da LAN ou Internet. Pode mostrar todos os valores que são mostrados na janela de estado do cFosSpeed.

  • Open Hardware Monitor. Também tem um provedor integrado WMI que pode mostrar diversos valores de hardware, como
    • temperatura e carga do CPU
    • temperatura e carga do GPU
    Estes valores são especialmente úteis para gamers, músicos e outros utilizadores avançados. Ajudam a determinar se os limites do CPU, do GPU ou da rede são atingidos e dão pistas valiosas sobre como optimizar o sistema.

Usar o cFos WMI Monitor

Assegure-se que o cFos PNet está em execução. Se quiser correr o cFos WMI Monitor na sua máquina local, introduza localhost/wmi/wmi.htm na barra de endereços do browser. Para o correr a partir de um smartphone, tablet ou outro PC na LAN, descubra o endereço local da sua máquina local, p.e. 192.168.2.123. Em seguida, introduza 192.168.2.123/wmi/wmi.htm na barra de endereços do browser.

Pode querer guardar esta página como favorito ou no ecrã inicial do seu smartphone/tablet para acesso fácil.

Agora aguarde!! Infelizmente, o anfitrião WMI do Windows pode ser muito lento. Pode demorar vários minutos até que o valor por defeito da carga do CPU seja mostrado.

Assim que o WMI esteja pronto, pode adicionar novos valores WMI ou clicar em valores existentes para configurar a sua posição e cor.

O primeiro menu, "Predefinições", oferece (na nossa opinião) valores muito úteis, como carga e frequência do CPU, bem como velocidade de envio e receção do adaptador de rede. Também contém valores interessantes do cFosSpeed e do Open Hardware Monitor.

O segundo menu, "Processos", lista todos os processos do Windows correntemente em execução, para que possa usar o cFos WMI Monitor para monitorizar processos. O cFos WMI Monitor exibe o uso de CPU dos processos ou N/A se o processo já não se encontra em execução. Assim, o cFos WMI Monitor pode servir como um cão de guarda para processos.

O último menu permite-lhe escolher valores WMI arbitrários. Utilize . para selecionar o seu computador atual (a máquina em que o cFos PNet está em execução) ou o endereço de rede do Windows de outro computador com um provedor WMI ativo. Em seguida terá de selecionar o "WMI namespace". root\cimv2 é o namespace por defeito do Windows, root\cfos é o namespace para o cFosSpeed e root\OpenHardwareMonitor é o namespace para o Open Hardware Monitor. Seguidamente, tem de selecionar uma classe WMI e uma chave de instância, para indicar ao cFos WMI Monitor qual objeto quer exibir. Por exemplo, pode selecionar o número de um determinado núcleo do CPU, para o qual quer exibir o valor da carga de CPU. O último parâmetro indica ao cFos WMI Monitor qual o valor que quer efetivamente exibir.