cFosSpeed é o Acelerador de Internet oficial dos produtos de gaming da ASUS, GIGABYTE, ASRock e MSI

Esta página não está suficientemente traduzida!

Obtenha uma licença grátis (cFos, cFosSpeed ou cFosBC) por nos ajudar.
Mais informação

Atribua prioridades a programas com o cFosSpeed
Lista de programas
Sugerir novos programas

Traffic Shaping para Partilha de Ficheiros (P2P)

Graças ao Traffic Shaping do cFosSpeed, poderá finalmente utilizar toda a largura de banda de upstream (com o eMule, Kazaa ou BitTorrent etc.) e disponibilizá-la para outros utilizadores da rede de partilha de ficheiros - sem afetar negativamente outras aplicações que utilizem a Internet.

Os problemas do software de partilha de ficheiros

Correr programas de partilha de ficheiros (como o eMule, Kazaa ou BitTorrent) por norma utilizará quase, se não mesmo toda, a largura de banda do canal de upstream, o que poderá causar tempos de ping elevado na ligação. Isto implica que não só a comunicação de partilha de ficheiros seja lenta (pedidos de fontes podem demorar 1 a 2 segundos, ao invés de apenas alguns milisegundos), como também que outras aplicações que utilizem a Internet abrandem. Do mesmo modo, as velocidades de download podem cair a pique, porque os pacotesTCP ACK não são enviados atempadamente. O browser também ficará visivelmente menos responsivo ao navegar na Net.

Uma solução alternativa oferecida por muitos programas de partilha de ficheiros é colocar um limite artificial na taxa de upload.

Contudo, se estiver a fazer um pequeno upload de e-mail além do upload da partilha de ficheiros, ambos irão competir pela largura de banda de upload disponível. Quanta largura de banda cada um destes uploads receberá ficará a cargo do acaso. Em alguns casos, poderá mesmo levar a que todas as ligações TCP sejam desligadas (TCP connection starving).

A solução: Traffic Shaping

cFos Traffic Shaping

O esquema de prioridades integrado no cFos e cFosSpeed (re)organiza os pacotes de dados de modo a garantir velocidades de download máximas para programas de partilha de ficheiros. Mais ainda, o cFos e o cFosSpeed despriorizam a transferência de dados de partilha de ficheiros. No entanto, tal não significa que sejam artificialmente abrandados ou mesmo parados. Significa, sim, que que tais dados serão temporariamente atrasados quando dados mais importantes, como tráfego de jogos online, precisam de ser transmitidos. Apenas este esquema de prioridade torna possível ter programas de partilha de ficheiros a correr com velocidades de transferência máximas enquanto se utiliza a mesma ligação para outras aplicações.

Por exemplo, se tiver um programa de partilha de ficheiros a correr em segundo plano enquanto surfa na Net, haverá apenas um abrandamento ligeiro e breve no tráfego P2P enquanto uma nova página é carregada. Do mesmo modo, ao enviar e-mails mais longos, a velocidade de upload P2P poderá diminuir ligeiramente enquanto o e-mail estiver a ser enviado. Assim que o e-mail for enviado, todos os uploads continuarão novamente a toda a velocidade. As únicas alternativas seriam adiar a transmissão do e-mail "para sempre" ou limitar de artificialmente de alguma forma a largura de banda para partilha de ficheiros. Mas isso também significaria uma perda de largura de banda quando nenhuma outra aplicação utilizasse a mesma ligação.

O cFosSpeed é, assim, otimizado para uso com software de partilha de ficheiros (p2p), permitindo aos utilizadores ter um programa desse tipo a correr em segundo plano sem o notarem durante a atividade normal na Internet.

Assim, sugerimos configurar o Kazaa etc. para "upload ilimitado" e desativar a opção "speed sense", uma vez que o cFosSpeed já otimizará o tráfego da Internet.

Skin de ícone

Uma vez que a maior parte dos utilizadores corre os seus programas de partilha de ficheiros 24 horas por dia, o cFosSpeed inclui a sua própria skin de ícone, tornando possível acompanhar a ligação sem necessidade de ter uma janela de estado aberta constantemente.

Priorização:

Muitos utilizadores têm um PC dedicado especialmente para partilha de ficheiros e encaminham o tráfego P2P (p.e., via Internet Connection Sharing) através de um computador principal ligado diretamente à Internet. Neste caso, o Layer-7 Protocol Detection integrado no cFos e no cFosSpeed permite a priorização das redes P2P mais importantes, como BitTorrent, eDonkey 2000 (eMule, etc.), Kazaa, Gnutella(2), Kademlia e Direct Connect.

Priorizar Programas:

Caixa de Diálogo para priorização de programas

O cFos e o cFosSpeed também permitem priorizar programas pelo nome. Muitos dos programas mais importantes já foram incluídos na nossa lista de definições de programas. Esta forma de priorização é especialmente útil quando a deteção Layer-7 não consegue reconhecer e atribuir os dados corretamente (como é o caso, por exemplo, de tráfego P2P encriptado).

Definições de ligação DSL

Otimizar Definições de Ligação:

Pode especificar exatamente qual o meio de transmissão que utiliza em Definições de Ligação. Quanta mais informação sobre a ligação estiver disponível para o cFos ou cFosSpeed, melhores serão os tempos de ping. A predefinição é "Adaptive". Mas se por exemplo estiver a usar uma ligação DSL, deverá selecionar o standard ou protocolo DSL apropriado como o seu meio.